Eventos

EXPOSIÇÃO DE ARTE: UM BREVE INVENTÁRIO PICTÓRICO - BARCELONA E VALÊNCIA

Sobre Marc Breyer
Artista germânico-brasileiro, tem se dedicado às artes plásticas por mais de 30 anos. Suas primeiras experiências com desenho e pintura tiveram o incentivo de seu pai, Edmund Breyer e da avó, Olympia Breyer. O artista desenvolve um trabalho significativo através do uso de diversos materiais: crayon, óleo, acrílica, aquarela e lápis aquarelável. Também trabalha com a associação destas técnicas e com material modelável, conseguindo assim produzir uma variada gama de texturas. Há mais de 300 obras originais do artista em acervos particulares no Brasil bem como em outros países: Inglaterra, Suécia, Alemanha, Dinamarca, Itália, França, Estados Unidos e Austrália.

Sobre os desenhos e fotografias de Marc Breyer
Os desenhos monocromáticos de Marc Breyer são feitos com uma variada gama de lápis de altíssima qualidade, como os lápis sanguine, pastel seco e sépia da fabricante francesa Conté, os lápis da linha Gioconda produzidos pela tcheca Koh-i-noor, e os lápis a grafite da austriaca Cretacolor. Por se tratar de materiais bastante porosos, o grande desafio é o controle da iluminação através da manutenção de espaços em branco. Marc Breyer iniciou esta extensa série de desenhos em 1987, retratando paisagens rurais e parques que visita pessoalmente em suas viagens pelo Brasil e pelo mundo. Através de centenas de traços combinados, as imagens coloridas da realidade ganham características monocromáticas, oferecendo ao observador uma visão quase tridimensional da obra.
As fotografias de Marc Breyer tem temática urbana, e muitas delas podem ser reconhecidas pelo observador, enquanto outras focam em detalhes apenas. Mas a lente da câmera que aponta para as imagens reais não é aquela do turista, e sim do artista viajante que se depara com o belo, com o misterioso, o diferente, o emocionante. O estímulo estético guiado por aspectos técnicos e pela visão treinada revela imagens capturadas por alguém que necessita dividir com o mundo sua visão, seus sentimentos, seus olhares através da fotografia.

Mais detalhes

EXPOSIÇÃO DE ARTE: DE DOM PRA DOM

Abertura: 22/07/2017, às 19h
Artista: Gil Dal Santo.
Paranaense, nascido em Curitiba.
Auto didata na arte do desenho.
Estilista e Professor de história da moda.
Premiado com Agulhas da Alta Moda Brasileira (Agulhas de Ouro) nos anos 2001 e 2002, em São Paulo.
Profissional na área da moda há 32 anos, tem como uma das suas grandes paixões a obra de Miguel de Cervantes Saavedra, “Dom Quixote de La Mancha”.
Teve seu primeiro contato com a obra de Cervantes aos 9 anos de idade. Nesse primeiro encontro, a cada página lida, criava em sua mente as imagens sobre o Cavaleiro da Triste Figura, já que a obra não tinha nenhuma ilustração.
Antes mesmo de ver as primeiras ilustrações, em novas buscas de livros, começa a desenhar , na escola e em casa, o seu “Dom Quixote” imaginário que, para ele, se torna seu super herói.

“Enquanto os demais meninos de sua idade se encantavam com os quadrinhos de Stan Lee, idealizador da Marvel, eu, nas brincadeiras de infância, nunca queria ser o Capitão América, nem o Homem de Ferro. Um dia um amiguinho, indignado, me perguntou com certa impaciência: “Meu Deus! Quem é esse tal de Dom Quixote que você tanto fala?” Rapidamente, pulei o muro de volta para casa, fui até minha pasta do colégio e voltei com alguns desenhos.
Orgulhoso, disse ao amigo, apontando para o desenho: Está vendo?...
Este é o Dom Quixote de la Mancha.”

Com esta exposição, Gil Dal Santo vem realizar o seu sonho de menino, mostrando, em forma de arte, o seu herói de infância, o “Dom Quixote de La Mancha”, para todos.

Mais detalhes

EXPOSIÇÃO DE ARTE: NÓS, GALEGOS.

Descubra Galicia!
Se, como dizem, cada um escolhe o seu destino, na Galicia existe um destino à sua medida. Gosta de arte e de cultura? Ou é uma pessoa que prefere viver uma aventura em plena natureza? Talvez prefira descansar em umas termas e sair para saborear o melhor marisco do mundo? Na Galicia tem tudo isso e muito mais.
Cidades cômodas para passear, pujantes e cheias de história. Tem também rios e praias, espaços naturais, lugares perfeitos para um passeio turístico.
E estes locais destacados são os que fazem de Galicia um lugar único no mundo.
Prepare a sua viagem e comece a desfrutar.
Fotógrafa: Lucía Alonso.
De 08/03 a 10/07/2017

Mais detalhes

De Perséfone à Catrina: A Mulher e o seu Divino

O Centro Cultural da Espanha recebe a exposição fotográfica “De Perséfone à Catrina: A Mulher e o seu Divino”

O CCE recebe na quarta-feira (16/11), às 19h, a exposição “De Perséfone à Catrina: A Mulher e o Seu Divino”, da fotógrafa Cida Demarchi. De forma inusitada, a mostra busca retratar o papel da mulher na sociedade contemporânea. A entrada é gratuita.

Composta por fotografias, a exposição faz uma comparação à Perséfone, Deusa dos Mortos na mitologia grega, e retrata o desafio que o sexo feminino vem enfrentando desde o início do século XX com as constantes imposições da sociedade. A luta por mais espaços de atuação, liberdade de expressão e experiências.

“O mito de Perséfone está na alma feminina porque ela precisa se transformar continuamente para assumir os vários papéis que lhes são impostos nas diferentes fases de sua vida”, explica Cida Demarchi.

No dia da abertura, haverá degustação de Pan de Muertos e comemoração do Dia dos Mortos.

Serviço
Exposição “De Perséfone à Catrina: A Mulher e o seu Divino” no CCESPANHA.
Abertura: 16 de novembro, às 19h
Período expositivo: até 28 de fevereiro de 2017
Entrada gratuita

Mais detalhes

EXPOSIÇÃO DE FOTOS: "LAS NIÑAS DE CUBA"

A magia de Cuba não está na sua política nem economia, nem se encontra nas suas ruas e casas, e tampouco está na sua luz dura ou na estrela que lhe representa. A verdadeira magia está na sua gente e nas relações que se constroem entre elas. A fotógrafa Carol Sábio delicadamente pousou seu olhar sobre as mulheres cubanas e o resultado pode ser apreciado na exposição Las Niñas de Cuba, que fica em cartaz do dia 08 de abril até 29 de julho de 2016, no Centro Cultural da Espanha. Coquetel de abertura dia 08 de abril às 19h30.
Para o bate-papo na FNAC no dia 06 de maio de 2016 a fotógrafa vai além deste pequeno recorte fotográfico, e apresenta imagens que são uma vibrante viagem pelos contrastes da capital cubana.
Entrada gratuita.

Mais detalhes

EXPOSIÇÃO DE FOTOS: "VIAJERO"

Por Denys Polishchuk, fotógrafo profissional e designer. Nascido na bela cidade de Odessa, Ucrânia. Aos 17 anos de idade começou a trabalhar como designer e logo depois interessou-se por fotografia. Depois de alguns anos tornou-se fotógrafo em tempo integral. Entre 2010 e 2012 viajou a países hispânicos, o registro destas viagens pode ser apreciado nesta coleção de fotografias.
Abertura da exposição: 05/12/15 às 19h30 (durante nossa Festa Hispânica)

Contatos: 500px.com/dyspolishchuk

Mais detalhes

Desenvolvido por ledz.com.br